23 maio 2013

Amor ao pé do altar

Existem rios que não secam, nem suas águas diminuem,
Porque de onde eles fluem, há uma fonte perene.
Existem riachos tão limpos, que mesmo se alguém os turva
Em pouco tempo se limpam. Seu leito não vem da lama.
Existem amores tristes que já nem mais são amores.
Não deu certo aquele sim.
Arrastam sua existência sem saber qual o seu fim .
Eu, por mim, ainda creio nos amores mais serenos,
Que não nascem de repente, e foram cultivados,
Passo a passo , palmo a palmo, tranqüilos e sem venenos
pensados, dialogados, orados e acompanhados.
Amores sem ameaças, sem “dá cá” “quero o que é meu”
E que não são possessivos, porque o “nós” é mais que o “eu”
Existem amores puros, bonitos de a gente ver
Dá pra ver que tem ternura, paciência e mansidão
Cede ela, cede ele, e quem tiver que ceder,
Mas ninguém é derrotado , pois não é competição.
O amor quando é delícia, tem um pouco de malícia,
pois não é amor ingênuo
mas tem seu lado inocente, insistente , persistente,
de apostar que vai dar certo , se o outro estiver por perto,
mesmo que venham problemas.
O amor supera os dilemas.
Existem amores santos, voltados para o infinito.
É o amor mais bonito que se possa imaginar
Os dois se querem com fome,
Sonham misturar seus nomes , seus corpos e corações
Sonham gerar novas vidas, querem ser parte de um todo
Pois acreditam que o céu tem algo a ver com os dois.
Alguém maior do que tudo queria os dois numa carne
Num encontro de ternura , mergulho de sentimentos,
coisa de almas maduras.
Existem bons casamentos e casamentos feridos.
Bons quando os dois conseguem
Ser esposa e ser marido.
Feridos se um deles erra, e às vezes os dois erraram
Ele não é para ela , e nem ela é para ele
A paz que tanto sonharam.
Não deu certo aquela casa, rachou, fendeu, não protege
Não tem mais chance nenhuma, não progrediu, não se rege.
Uma das vigas da casa , algumas vezes as duas
Perderam a sua força , não tiveram paciência
Perderam a incoência, não souberam suportar
E destelharam a casa, foram fundar outro lar.
Felizes aquelas almas que ainda sonham bonito
Dentro de um sonho infinito
Maior que os dois sonhadores
Pois estes são os amores que acabam dando certo
É que eles sonham de perto,
um vendo o outro sonhar
e o sonho é tão delicioso, que na hora de acordar
querem sonhar mais um pouco
De sonhos e de esperanças , e de bem-aventuranças,
De perdão e sacrifícios, de paciência e ternura
E do colo um do outro o casamento foi feito.
Mas se vai embora a ternura, e vem as palavras duras
as exigências terríveis e as cobranças impossíveis,
“Você não faz nada por mim” “Me prove que ainda me ama”
“Não vale a pena esta cama” “Não vale a pena nós dois”
“Você não é mais aquela” “Você que não é aquele”
Acabou o sentimento, acabou o casamento,
O barco está soçobrando, um dos dois está sobrando,
O amor não está queimando e nem mesmo há fogo brando.
Aí a gente se assusta, pois quando um amor se apaga
duas estrelas se apagam no céu da comunidade.
Por mais que se reacendam em qualquer outro lugar
Fica a lembrança do barco que não conseguiu chegar.
Que o amor de vocês dois , que é feito de tantos sonhos
Tenha um futuro risonho, e se surgirem dilemas
Não importam os problemas, vocês irão resolver
Com meus amigos eu acho que vocês dois são riachos
cujo encontro foi perfeito
foram limando os defeitos e o que sobrou é bonito
há um amor infinito, brilhando agora nos dois
E a gente que veio à festa , lhes dá um beijo na testa
E os abençoa serena. Amor assim vale a pena.
Sejam felizes pra sempre.
Se não pedir demais, arranjem um , dois ou mais
queridos como vocês , pois onde houver dois ou três,
Jesus vai estar no meio. Foi pra isso que Ele veio
Pra santificar a gente.
Parabéns , vocês se amam.
Coragem , vão precisar.
Mas do jeito que se amam,
Continuem a sonhar
Tem Deus neste casamento.
Por isso é um sacramento !

Questão do amor aceito

Acreditar em Deus e no seu amor infinito,
experimentá-lo como quem o prova aos poucos
e, em retribuição, amá-lo com o maior amor humano possível,
às vezes, com a decisão de renunciar até ao mais bonito amor humano..
Encontrar uma pessoa e amá-la com um amor gentil e sem reservas,
conseguir amá-la sem adorá-la e, mesmo assim,
saber que nela está quase tudo o que se buscou de bom neste mundo.
Santificar-se nesses amores e viver mais para os outros do que para si mesmo.
Passar estes amores a quem cruzar os nossos caminhos:
eis o chamado da maioria dos humanos.
Feliz aquele que ama e se sente amado.
Feliz aquele que aceita não ser amado como gostaria, mas assim mesmo ama.
Feliz de quem, mesmo não tendo o amor que sonhou um dia encontrar,
ama de maneira maiúscula e madura.
De tal ser humano pode-se dizer que se tornou pessoa .
Pe. Zezinho scj

21 maio 2013

Um par de sapato velho


Um estudante universitário saiu um dia a dar um passeio com um professor, a quem os alunos consideravam seu amigo devido à sua bondade para os que seguiam as suas instruções.
Enquanto caminhavam, viram no seu caminho um par de sapatos velhos e calcularam que pertenciam a um homem que trabalhava no campo ao lado e que estava prestes a terminar o seu dia de trabalho .
O aluno disse ao professor: Vamos fazer-lhe uma brincadeira. Vamos esconder-lhe os sapatos e escondemo-nos atrás dos arbustos para ver a sua cara quando não os encontrar .
Meu querido amigo, disse o professor, nunca devemos divertir-nos à custa dos pobres.
Tu és rico e podes dar uma alegria a este homem. Coloca uma moeda em cada sapato e depois escondemo-nos para ver a sua reação quando os encontrar.
Fez isso e ambos se esconderam no meio dos arbustos. O pobre homem terminou as suas tarefas diárias e caminhou até aos sapatos, para voltar para casa .
Ao chegar junto dos sapatos deslizou o pé no sapato, mas sentiu algo dentro deste. Baixou-se para ver o que era e encontrou a moeda. Pasmado perguntou-se o que havia acontecido. Olhou a moeda e voltou-a e voltou a olhá-la.
Olhou à sua volta, para todos os lados, mas não via nada nem ninguém. Guardou-a no seu bolso e foi calçar o outro sapato. Sua surpresa foi ainda maior quando encontrou a outra moeda.
Seus sentimentos esmagaram-no. Pôs-se de joelhos, levantou o olhos ao céu, e em voz alta fez um enorme agradecimento, falando de sua esposa doente e sem ajuda, e de seus filhos que não tinham pão e devido a uma mão desconhecida não morreriam de fome.
O estudante ficou profundamente emocionado e seus olhos ficaram cheios de lágrimas.
Agora, disse o professor, não está mais satisfeito com esta brincadeira?
O jovem respondeu: Você ensinou-me uma lição que jamais hei de esquecer. Agora entendo algo que antes não entendia: é melhor dar que receber.


Autor Desconhecido 

18 maio 2013

Frases de "Max Lucado"


"Se você soubesse que poucos se importariam com a sua vinda,ainda assim viria?
Se você soubesse que aqueles a quem ama lhe escarneceriam no rosto,ainda assim se preocuparia com eles?
Se soubesse que as línguas que criou zombariam de você as bocas que formou cuspiriam em você,as mãos que moldou lhe crucificariam,ainda assim as criaria?
Cristo as criou."



"Você consideraria os paralíticos e inválidos mais importantes do que a si mesmo?
Cristo agiu assim. há ocasiões em que o coração fica tão duro e os ouvidos tão surdos que Deus nos deixa sofrer as conseq.uencias de nossas escolhas."




"Precisamos ser pacientes, mas não ao ponto de perder o desejo; devemos ser ansiosos, mas não ao ponto de não sabermos esperar."




"Você não pode ser qualquer coisa que desejar ser. Mas pode ser tudo o que Deus quer que você seja."






Max Lucado

O presente inexistente

Nunca nos detemos no momento presente. Antecipamos o futuro que nos tarda, como para lhe apressar o curso; ou evocamos o passado que nos foge, como para o deter: tão imprudentes, que andamos errando nos tempos que não são nossos, e não pensamos no único que nos pertence; e tão vãos, que pensamos naqueles que não são nada, e deixamos escapar sem reflexão o único que subsiste. É que o presente, em geral, fere-nos. Escondemo-lo à nossa vista porque nos aflige; e se nos é agradável, lamentamos vê-lo fugir. Tentamos segurá-lo pelo futuro, e pensamos em dispor as coisas que não estão na nossa mão, para um tempo a que não temos garantia alguma de chegar.
Examine cada um os seus pensamentos, e há-de encontrá-los todos ocupados no passado ou no futuro. Quase não pensamos no presente; e, se pensamos, é apenas para à luz dele dispormos o futuro. Nunca o presente é o nosso fim: o passado e o presente são meios, o fim é o futuro. Assim, nunca vivemos, mas esperamos viver; e, preparando-nos sempre para ser felizes, é inevitável que nunca o sejamos.
Blaise Pascal, 

O MONGEM E AS BANANAS


Um amigo meu conta que, certa vez, resolveu passar algumas semanas num mosteiro do Nepal. Certa tarde entrou num dos muitos templos do mosteiro, e encontrou um monge, sorrindo, sentado no altar.


“Por que o senhor sorri?”, perguntou ao monge.



“Porque entendo o significado das bananas”, disse o monge, abrindo a bolsa que carregava, e tirando uma banana podre de dentro. “Esta é a vida que passou e não foi aproveitada no momento certo. Agora é tarde demais”.

Em seguida, tirou da bolsa uma banana ainda verde, mostrou-a, e tornou a guardá-la.

“Esta é a vida que ainda não aconteceu, é preciso esperar o momento certo”, disse.

Finalmente, tirou uma banana madura, descascou-a, e dividiu-a com meu amigo.

“Esta é a vida no momento certo: o presente. Alimente-se com ele, e viva-o sem medo e sem culpa”.



Paulo Coelho

16 maio 2013

A mais longa caminhada


A MAIS LONGA CAMINHADA SÓ É POSSÍVEL PASSO A PASSO.

O MAIS BELO LIVRO DO MUNDO FOI ESCRITO LETRA POR LETRA. 
OS MILÊNIOS SE SUCEDEM, SEGUNDO A SEGUNDO. 
AS MAIS VIOLENTAS CACHOEIRAS SE FORMAM DE PEQUENAS FONTES. 
A IMPONÊNCIA DO PINHEIRO E A BELEZA DO IPÊ COMEÇARAM NA SIMPLICIDADE DAS SEMENTES. 
NÃO FOSSE A GOTA, NÃO HAVERIA CHUVAS. O MAIS SINGELO NINHO SE FEZ DE PEQUENOS GRAVETOS. 
A MAIS BELA CONSTRUÇÃO NÃO SE TERIA EFETUADO SENÃO A PARTIR DO PRIMEIRO TIJOLO. 
AS IMENSAS DUNAS SE COMPÕEM DE MINÚSCULOS GRÃOS DE AREIA. 
É QUASE INCRÍVEL IMAGINAR QUE APENAS SETE NOTAS MUSICAIS TENHAM DADO
VIDA À ALELUIA, DE HENDEL. 
NEM MESMO JESUS, EXPRESSÃO MAIOR DE AMOR, DISPENSOU A FRAGILIDADE DA
MANJEDOURA. 
ASSIM TAMBÉM O MUNDO DE PAZ, DE HARMONIA E DE AMOR COM QUE TANTO
SONHAMOS, SÓ SERÁ CONSTRUÍDO A PARTIR DE PEQUENOS GESTOS DE COMPREENSÃO, SOLIDARIEDADE, RESPEITO, TERNURA, FRATERNIDADE, BENEVOLÊNCIA, INDULGÊNCIA E PERDÃO, DIA A DIA. 
NINGUÉM PODE MUDAR O MUNDO, MAS PODEMOS MUDAR UMA PEQUENA PARCELA DELE: ESTA PARCELA QUE CHAMAMOS DE "EU". 
NÃO É FÁCIL, NEM RÁPIDO. MAS, VALE A PENA TENTAR!


autor desconhecido

Vista cansada (É sempre bom lembrar, um copo vazio está cheio de ar)



“Se eu morrer, morre comigo um certo modo de ver, disse o poeta. 
Um poeta é só isto: um certo modo de ver. 
O diabo é que, de tanto ver, a gente banaliza o olhar. 
Vê não-vendo. 
Experimente ver pela primeira vez o que você vê todo dia, sem ver. 
Parece fácil, mas não é. 
O que nos cerca, o que nos é familiar, já não desperta curiosidade. 
O campo visual da nossa rotina é como um vazio.

Você sai todo dia, por exemplo, pela mesma porta. 
Se alguém lhe perguntar o que é que você vê no seu caminho, você não sabe. 
De tanto ver, você não vê. 

Sei de um profissional que passou 32 anos a fio pelo mesmo hall do prédio do seu escritório. Lá estava sempre, pontualíssimo, o mesmo porteiro. 
Dava-lhe bom-dia e às vezes lhe passava um recado ou uma correspondência. 
Um dia o porteiro cometeu a descortesia de falecer.

Como era ele? Sua cara? Sua voz? Como se vestia? 
Não fazia a mínima idéia. 
Em 32 anos, nunca o viu. 
Para ser notado, o porteiro teve que morrer. 
Se um dia no seu lugar estivesse uma girafa, cumprindo o rito, pode ser também que ninguém desse por sua ausência. 
O hábito suja os olhos e lhes baixa a voltagem. 
Mas há sempre o que ver. 
Gente, coisas, bichos. 
E vemos? 
Não, não vemos.

Uma criança vê o que o adulto não vê. 
Tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo. 
O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que, de fato, ninguém vê. 

Há pai que nunca viu o próprio filho. 
Marido que nunca viu a própria mulher, isso existe às pampas. 

Nossos olhos se gastam no dia-a-dia, opacos. 
É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença.”

(Otto Lara Resende - Texto publicado no jornal “Folha de S. Paulo”, edição de 23 de fevereiro de 1992.)

Onde Deus se esconde?


CERTO DIA, DEUS SENTIU-SE CANSADO DAS PESSOAS. ELAS O ESTAVEM SEMPRE AMOLANDO, PEDINDO COISAS. ENTÃO DISSE: “VOU EMBORA E ME ESCONDER POR UNS TEMPOS”. REUNIU ENTÃO TODOS OS SEUS CONSELHEIROS E PERGUNTOU: “ONDE DEVO ME ESCONDER?” “QUAL O MELHOR LUGAR PARA ME ESCONDER?” ALGUNS DISSERAM: “ESCONDA-SE NO TOPO DA MONTANHA MAIS ALTA DA TERRA”. OUTROS: “NÃO, ESCONDA-SE NO FUNDO DO MAR, NUNCA VÃO ACHÁ-LO LÁ”. OUTROS: “ESCONDA-SE DO OUTRO LADO DA LUA, AQUELE É O MELHOR LUGAR”. ENTÃO DEUS VIROU-SE PARA O SEU ANJO MAIS INTELIGENTE E O INQUIRIU: “ONDE VOCÊ ME ACONSELHA A ESCONDER-ME?” O ANJO SORRINDO, RESPONDEU: “ESCONDA-SE NO CORAÇÃO DAS PESSOAS”.
SÃO TANTAS AS PESSOAS QUE HOJE PROCURAM A PAZ, A FELICIDADE EM UM “DEUS” ONDE NÃO SE ENCONTRA. OUTROS PROCURAM PREENCHER O VAZIO DO SEU CORAÇÃO PELO DINHEIRO, SEXO, DROGAS, BARULHO...


autor desconhecido

Quanto pesa?


Uma pobre senhora, com visível ar de derrota estampado no rosto, entrou num armazém, se aproximou do proprietário conhecido pelo seu jeito grosseiro, e lhe pediu fiado alguns mantimentos. Ela explicou que o seu marido estava muito doente e não podia trabalhar e que tinha sete filhos para alimentar.


O dono do armazém zombou dela e pediu que se retirasse do seu estabelecimento. Pensando na necessidade da sua família ela implorou: "Por favor senhor, eu lhe darei o dinheiro assim que eu tiver...".


Ele lhe respondeu que ela não tinha crédito e nem conta na sua loja. Em pé no balcão ao lado, um freguês que assistia a conversa entre os dois se aproximou do dono do armazém e lhe disse que ele deveria dar o que aquela mulher necessitava para a sua família, por sua conta.


Então o comerciante falou meio relutante para a pobre mulher:


"Você tem uma lista de mantimentos?"


"Sim", respondeu ela.


"Muito bem, coloque a sua lista na balança e o quanto ela pesar, eu lhe darei em mantimentos!"


A pobre mulher hesitou por uns instantes e com a cabeça curvada, retirou da bolsa um pedaço de papel, escreveu alguma coisa e o depositou suavemente na balança. Os três ficaram admirados quando o prato da balança com o papel desceu e permaneceu embaixo.


Completamente pasmado com o marcador da balança, o comerciante virou-se lentamente para o seu freguês e comentou contrariado:


"Eu não posso acreditar!"


O freguês sorriu e o homem começou a colocar os mantimentos no outro prato da balança. 


Como a escala da balança não equilibrava, ele continuou colocando mais e mais mantimentos até não caber mais nada. O comerciante ficou parado ali por uns instantes olhando para a balança, tentando entender o que havia acontecido....


Finalmente, ele pegou o pedaço de papel da balança e ficou espantado, pois não era uma lista de compras e sim uma oração que dizia:


"Deus, o Senhor conhece as minhas necessidades e estou deixando isto em Suas mãos..."


O homem deu as mercadorias para a pobre mulher no mais completo silêncio, que agradeceu e deixou o armazém. O freguês pagou a conta e disse:


"Valeu cada centavo.." 





Conto Judaíco. 

15 maio 2013

Se amar fosse fácil




Se amar fosse fácil, não haveria tanta gente amando mal, nem tanta gente mal amada. 
Se amar fosse fácil, não haveria tanta fome, nem tantas guerras, nem gente sem sobrenome.
 
Se amar fosse fácil, não haveria crianças nas ruas sem ter ninguém, nem haveria orfanatos, porque as famílias serenas adotariam mais filhos, nem filhos mal concebidos, nem esposas mal amadas, nem mixês, nem prostitutas.
 
E nunca ninguém negaria o que jurou num altar, nem haveria divórcio e nem desquite, jamais...
 
Se amar fosse tão fácil, não haveria assaltantes e as mulheres gestantes não tirariam seu feto, nem haveria assassinos, nem preços exorbitantes nem os que ganham demais, nem os que ganham de menos.
 
Se amar fosse tão fácil nem soldados haveria, pois ninguém agrediria, no máximo ajudariam no combate ao cão feroz.
 
Mas o amor é sentimento que depende de um 'eu quero', seguido de um 'eu espero'; e a vontade é rebelde, o homem, um egoísta que maximiza seu 'eu' por isso, o amor é difícil.
 
Jesus Cristo não brincava quando nos mandou amar.
 
E, quando morreu amando deu a suprema lição.
 
Não se ama por ser fácil,
 
ama-se porque é preciso!
Padre Zezinho

Pequenos grandes amores


Há o grande amor de uma vida e há os pequenos grandes amores. O homem e a mulher encontram o grande amor e se ele for mesmo o grande amor gera muitos pequenos grandes amores, nascidos daquele amor. São, por exemplo, os pequenos grandes amores que dão sentido à espera da jovem mulher que ainda não encontrou o seu grande amor. Eu dizia isso tempos atrás a uma jovem de 30 anos que sofria terrivelmente de solidão.


“Há,-dizia eu- um núcleo de pequenos grandes amores que fecham o cerco ao nosso redor e impedem que a solidão, as somatizações, a ansiedade e a depressão nos dominem. Você os vai amando e eles e elas vão amando você enquanto o seu grande amor não vem. Vale dizer: enquanto você não encontra a sua alma gêmea, amor de pai e mãe, de avós, de irmãos e sobrinhos e amigos e amigas vão preenchendo os espaços do seu coração de mulher que deseja um lar, um homem que divida a vida com você e filhos que dividam com vocês o mesmo lar. Quem não tem estes outros relacionamentos serenos sofre muito mais a solidão do grande amor que não veio. Pequenos grandes amores estão na sua casa dando todo o colo e o carinho de que você precisa até que o amor sonhado aconteça. Se não acontecer são esses pequenos grandes amores que motivarão a sua vida de mulher.”


Ela ouviu atentamente e começou a contar nos dedos. Chegou a 35 pessoas que poderia considerar pequenos grandes amores. Com o pai e a mãe, estes avós, sobrinhos e amigos, estas amigas e gente que se importa e não invade nem força tornaram sua vida de jovem mulher um caminhar sereno, ainda que sofrido. Os três rapazes que poderiam ter lhe dado um lar, desistiram no meio do caminho.

Raramente pensamos nesses pequenos grandes amores, mas sem eles nenhum grande amor daria certo.Preparam e continuam a nutrir um coração, mesmo depois do grande encontro da pessoa certa.

Gosto de pensar que a vida nos prepara muitos antídotos dos quais nem sempre nos damos conta. Mas quando algo nos envenena os pequenos grandes amores são esses grandes antídotos. Ulceracões gástricas, ulceras, depressão, lágrimas furtivas, coração pesado, desânimos e vazios diminuem ou até acabam quando nos damos conta do quando somos amados. E daí se o tão sonhado grande amor não veio? Continuamos amados e muito amados. Uma professora meses atrás dizia a uma filha de 29 anos que lamentava a solidão causada pelo rapaz que se casara com outra.

-” Doer ,dói e doerá. Mas não queira experimentar entre o melhor e o pior.É bem melhor não ter o grande e sonhado amor, do que tê-lo e não poder desfrutá-lo porque diminuiu Há perdas que libertam. Tente de novo. Enquanto isso, terá uns vinte pequenos grandes amores torcendo de novo por você.Sem eles você estaria perdida. Com eles um dia vai dar certo.

Padre Zezinho


14 maio 2013

O hospital do Senhor


Certo dia, fui ao Hospital do Senhor para fazer um check-up de rotina e percebi que estava doente. 
Quando Jesus mediu a minha pressão, constatou que estava baixa de ternura. Ao medir a temperatura, o termômetro registrou 40 graus de egoísmo. Fiz um eletrocardiograma e foi diagnosticado que necessitava urgentemente de uma ponte de amor, pois minha veia estava bloqueada e não estava abastecendo meu coração vazio.
Passei pela Ortopedia, pois estava com dificuldade de andar lado a lado com meu irmão e não conseguia abraçá-lo, por ter fraturado o braço ao tropeçar na minha vaidade. Contatou-se também miopia, pois não conseguia enxergar nada além das aparências. No Otorrino, quexei-me de ter dificuldade de ouvi-Lo e diagnosticou bloqueio em decorrência das palavras vazias do dia-a-dia.
Prometo ao sair daqui, usar somente remédios naturais que me indicou e que estão no receituário do Seu Evangelho:
Vou tomar diariamente ao me levantar: CHÁ DE AGRADECIMENTO com um comprimido de ORAÇÃO.
Ao chegar ao trabalho, beber uma colher de BOM DIA.
De hora em hora, um comprimido de PACIÊNCIA, com HUMILDADE.
Ao chegar em casa, vou tomar uma injeção de AMOR.
E ao me deitar duas capsulas de CONSCIÊNCIA TRANQUILA.
Recomendou-me ainda a prática de ORAR SEM CESSAR, com LEITURA BÍBLICA.
Senhor, prometo prolongar esse tratamento preventivo por toda a vida.


autor desconhecido

Casa arrumada


CASA ARRUMADA É ASSIM: UM LUGAR ORGANIZADO, LIMPO, COM ESPAÇO LIVRE PRA CIRCULAÇÃO E UMA BOA ENTRADA DE LUZ.
MAS CASA, PRA MIM, TEM QUE SER CASA E NÃO UM CENTRO CIRÚRGICO, UM CENÁRIO DE NOVELA.

TEM GENTE QUE GASTA MUITO TEMPO LIMPANDO, ESTERILIZANDO, AJEITANDO OS MÓVEIS, AFOFANDO AS ALMOFADAS.
NÃO, EU PREFIRO VIVER NUMA CASA ONDE EU BATO O OLHO E PERCEBO LOGO:
AQUI TEM VIDA.
CASA COM VIDA, PRA MIM, É AQUELA EM QUE OS LIVROS SAEM DAS PRATELEIRAS
E OS ENFEITES BRINCAM DE TROCAR DE LUGAR.
CASA COM VIDA TEM FOGÃO GASTO PELO USO, PELO ABUSO DAS REFEIÇÕES FARTAS, QUE CHAMAM TODO MUNDO PRA MESA DA COZINHA.
SOFÁ SEM MANCHA? TAPETE SEM FIO PUXADO? MESA SEM MARCA DE COPO?
TÁ NA CARA QUE É CASA SEM FESTA.
E SE O PISO NÃO TEM ARRANHÃO, É PORQUE ALI NINGUÉM DANÇA.
CASA COM VIDA, PRA MIM, TEM BANHEIRO COM VAPOR PERFUMADO NO MEIO DA TARDE.
TEM GAVETA DE ENTULHO, DAQUELAS QUE A GENTE GUARDA BARBANTE, PASSAPORTE E VELA DE ANIVERSÁRIO, TUDO JUNTO.
CASA COM VIDA É AQUELA EM QUE A GENTE ENTRA E SE SENTE BEM-VINDA.
A QUE ESTÁ SEMPRE PRONTA PROS AMIGOS, FILHOS, NETOS E PROS VIZINHOS.
E NOS QUARTOS, SE POSSÍVEL, TEM LENÇÓIS REVIRADOS POR GENTE QUE BRINCA
OU NAMORA A QUALQUER HORA DO DIA.
CASA COM VIDA É AQUELA QUE A GENTE ARRUMA PRA FICAR COM A CARA DA GENTE.
ARRUME A SUA CASA TODOS OS DIAS. MAS ARRUME DE UM JEITO QUE LHE SOBRE TEMPO PRA VIVER NELA... E RECONHECER NELA O SEU LUGAR.



Carlos Drummond de Andrade

A missão de cada um


Lições que ensinam – Visão Editora

INAUGUROU-SE UM NOVO TEMPLO E, DE TODA PARTE, AS PESSOAS VINHAM ADMIRÁ-LO. SEU ESTILO ENCHIA DE PRAZER AS VISTAS DE QUALQUER PESSOA QUE O VISITASSE.
NO MADEIRAMENTO DO TELHADO, UM PREGO ASSISTIA A TUDO. OUVIA ELOGIOS AOS PEDREIROS, AOS ELETRICISTAS, AOS PINTORES E AO BOM MATERIAL USADO NOS ACABAMENTOS. MAS OS PREGOS, QUE SEGURAVAM O TELHADO, NINGUÉM SE LEMBROU DE ELOGIAR.
- SE EU SOU TÃO INSIGNIFICANTE E SEM VALOR, NINGUÉM SENTIRÁ MINHA FALTA - CONCLUIU O PREGO.
E ASSIM PENSANDO, DESISTIU DE SUA MISSÃO, DEIXOU DE FAZER PRESSÃO, DESLIZOU E CAIU NO SOLO. NAQUELA NOITE CHOVEU MUITO.
IMEDIATAMENTE, NO LUGAR DO PREGO, O TELHADO CEDEU, DISTANCIANDO AS TELHAS. A ÁGUA ESCORREU PELAS PAREDES, SUJOU SUA LINDA PINTURA TÃO ADMIRADA PELOS TURISTAS. ALÉM DISSO, AMOLECEU O GESSO, MANCHOU O TAPETE E A BÍBLIA FICOU ENCHARCADA DE ÁGUA. TUDO ISSO PORQUE UM PEQUENO PREGO, CUJA IMPORTÂNCIA NINGUÉM VALORIZOU, DESISTIU DO SEU TRABALHO.
O PREGO, AO SEGURAR O MADEIRAME DO TELHADO, ERA INVISÍVEL AOS OLHOS DOS FIÉIS. AGORA, ENTERRADO NA LAMA, ALÉM DE TER CAUSADO UM GRANDE PREJUÍZO MATERIAL, TORNOU-SE MAIS INÚTIL AINDA E ACABOU COMIDO PELA FERRUGEM.


Autor Desconhecido 


13 maio 2013

Egoísmo

Sinto falta de você.
Mas o que sinto falta é de de tudo o que é seu e que me falta.
Sinto falta das minhas faltas que em você não faltam.
Sinto falta do que eu gostaria de ser e que você já é.


Estralho jeito de carecer,de parecer AMOR.

Hoje, deste ímpeto de honestidade que me faz dizer, eu descobri minhas carências inconfessáveis que insisto
 em manter veladas.
Acessei o baú de minhas razões inconscientes e descobri um motivo para não continuar mentindo.


Hoje eu quero lhe confessar o meu não AMOR, mesmo que pareça ser.

Eu não tenho o direito de adentrar o seu território com o objetivo de lhe roubar a escritura.
Amor só vale a pena se for para ampliar o que já temos.
Você era melhor antes de mim, e só agora posso ver.


Nessa vida de fachadas tão atraentes e fascinantes; neste tempo de retiradas e retirantes, sequestrados e sequestradores, a gente corre o risco de não saber exatamente quem somos. 


Mas o tempo de saber já chegou.



Não quero mais conviver com meu lado obscuro, e, por isso, ouso direcionar meus braços na direção da dose de honestidade que hoje me cabe.

Hoje quero lhe confessar meu egoísmo.


Quem sabe  assim eu possa ainda que por um instante amar você de verdade.

Perdoe-me se meu amor chegou tarde demais, se meu querer bem é inoportuno e em hora errada.


É que hoje eu quero lhe confessar meu desatino, meu segredo tão desconcertante: 
Ao dizer que sinto falta de você eu sinto falta de mim mesmo.


Pe Fábio de Melo


Vir a ser

Eu procuro por mim.
Eu procuro por tudo o que é meu e que em mim se esconde.
Eu procuro por um saber que ainda não sei, mas que de alguma forma já sabe em mim.
Eu sou assim...
processo constante de vir a ser.
O que sou e anida serei são verbos que se conjugam sob a áurea  de um mistério fascinante.
Eu me recebo de DEUS e a Ele me devolvo.
Movimento que não termina porque terminar é o mesmo que deixar de ser.
E porque não sou é porque o ser eu não soube escolher.



Pe Fábio de Melo

Pedido

Eu não quero que você seja eu Eu já tenho a mim. O que quero é que você chegue, com seu poder de chegar E de me devolver pra mim.
Que você chegue com seu dom De também me fazer chegar perto de mim...
Pra me fazer ver o que sou e que só você viu.
Pra eu ser capaz de AMAR também o que só você amou.
Eu não quero que você seja igual a mim.
Eu já tenho a mim.
Não quero construir uma casa de espelhos Que multiplique minha imagem por todos os cantos.

QUERO APENAS QUE VOCÊ ME REFLITA
MELHOR DO QUE EU JULGO SER.



Pe Fábio de Melo

05 maio 2013

Eu estou com você...

Quando você se levantou pela manhã, a Eu já havia preparado o sol para aquecer o seu dia e o alimento para a sua nutrição.

Bem... Eu providenciei tudo isso enquanto vigiava seu sono, a sua família e sua casa; esperei pelo seu "BOM DIA!" mais você se esqueceu...

Bem... você parecia ter tanta pressa que Eu te perdoou.

O sol apareceu.. As flores ofereceram o seu perfume, e a brisa da manhã lhe acompanha e você nem lembra que Eu é  quem havia preparado tudo nisso para você.

Seus familiares  lhe sorriram, seus colegas lhe saudaram, e você trabalhou, estudou, viajou, realizou negócios alcançou vitórias.
Mas, não percebeu que EU estava cooperando com você e que te ajudaria, mais se você me tivesse dado a chance.

Eu sei...você corre tanto...Eu perdoei.

Você  ler bastante, ouve muita coisa, mas ainda não teve tempo de ler ou ouvir a minha palavra.

Eu queria falar, mas você não parou para ouvir.

Eu quis até lhe aconselhar,mas você nem pensou nessa possibilidade.

Seus olhos,seus pensamentos,seus lábios seriam melhores e o mal seria menos em sua vida.

A chuva  que  caiu a tarde, foram minhas lágrimas por sua ingratidão, mas foram também as minhas bençãos sobre a terra, para que não lhe falte o pão e a água.

Findou o seu dia. Você voltou para casa. mandei que a lua e as estrelas tornassem a noite mais bonita para lembrar-lhe do meu AMOR por você.

Certamente agora você vai dizer um "MUITO OBRIGADO"


Ei...Psiu...Esta me ouvindo?... já dormiu! BOA NOITE .


Autor Desconhecido



AUTOR DESCONHECIDO

03 maio 2013

A fidelidade não tem preço


Acordei com uma BAITA ressaca e do lado da cama tinha um copo d'água e duas aspirinas.
Olhei em volta e vi minha roupa passada e pendurada.
O quarto estava em perfeita ordem.
Havia um bilhete de minha mulher:
- Querido, deixei seu café pron
to na cozinha. Fui ao supermercado. Beijos.
Desci e encontrei uma mesa cheia, café esperando por mim.
Perguntei à minha filha:
- O que aconteceu ontem?
- Bem, pai, você chegou às 3 da madrugada, completamente bêbado, vomitou no tapete da sala, quebrou móveis, mijou na cristaleira antes de chegar no quarto.
- E por que está tudo arrumado, café preparado, roupa passada, aspirinas para a ressaca e um bilhete amoroso da sua mãe?
- Bem, é que mamãe o arrastou até a cama e, quando ela estava tirando a sua calça, você gritou:
- NÃO FAÇA ISSO, MOÇA, EU SOU CASADO!!!
Ressaca: R$ 70,00
Móveis destruídos: R$ 1.200,00
Café da manhã: R$ 10,00
Dizer a frase certa, no momento certo: NÃO TEM PREÇO !!!


Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário

autor desconhecido

O homem e a Rocha


Certa noite um homem dormia quando Deus lhe apareceu e disse: “ Há uma grande rocha em frente à sua casa, dia após dia quero que você a empurre.” E o homem obedeceu. Dia após dia ele pelejava com seus ombros escorados na fria e maciça rocha, empurrando com todas as suas forças, MAS ELA NÃO SE MOVIA. Percebendo o desânimo do homem, satanás entra em cena : Você tem empurrado essa rocha por tanto tempo, e ela ainda não se moveu. NÃO ACHA MELHOR DESISTIR? O homem, orando a Deus, disse : “Senhor, tenho trabalhado duro por tanto tempo, fazendo o que mandou, mas a rocha não se move.O que está errado?” E Deus lhe respondeu : Meu filho, eu lhe ordenei que empurrasse a rocha todos os dias, não que a movesse! Porque pensas que falhou? Olhe seus braços estão mais fortes e musculosos, suas pernas como estão firmes ! O seu chamado foi para empurrar a rocha, exercitando sua fé e confiança em MIM. 


autor desconhecido

O homem e a Mulher



O homem é a mais elevada das criaturas;
A mulher é o mais sublime dos ideais.
O homem é o cérebro;
A mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz;
O coração, o AMOR.
A luz fecunda, o amor ressuscita.
O homem é forte pela razão;
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence, as lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos;
A mulher, de todos os martírios.
O heroísmo enobrece, o martírio sublima.
O homem é um código;
A mulher é um evangelho.
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.
O homem é um templo; a mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos;
Ante o sacrário nos ajoelhamos.
O homem pensa; a mulher sonha.
Pensar é ter , no crânio, uma larva;
Sonhar é ter , na fronte, uma auréola.
O homem é um oceano; a mulher é um lago.
O oceano tem a pérola que adorna;
O lago, a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa;
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço;
Cantar é conquistar a alma.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra;
A mulher, onde começa o céu.


  •